Review: Anthology II (Akphaezya)


De vez em quando surgem colectivos capazes de nos fazer questionar tudo o que já foi ou está a ser feito no mundo do metal em particular e da música em geral. Os franceses Akphaezya são um desses casos. Esqueçam tudo o que ouviram ou vivenciaram. Esqueçam que na música pode ou deve haver regras. Esqueçam o tradicional esquema de canção, mesmo no metal. Esqueçam tudo e simplesmente oiçam! Anthology II é uma antologia de metal conjugado com jazz no seu estado mais puro. Delirante, esquizofrénico, estonteante são alguns dos adjectivos para caracterizar este quarteto gaulês. A fantástica voz de Aelin navega mais tempo no jazz (a lembrar a nossa Maria João) que propriamente no metal. Alguns apontamentos guturais não chegam para retirar o brilho a uma das melhores prestações vocais dos últimos tempos. Associada está uma enorme e invulgar capacidade técnica dos restantes elementos. Alguns curtos interlúdios demonstram isso na plenitude. Nestes, o destaque, apesar de tudo, vai para H.L. 4, com um impressionante jogo vocal. Nos temas longos pode ser observada e escutada toda uma capacidade única ao nível da criação de estruturas completamente for a do comum. Reflections e The Bootle Of Lie (Tome III)/Postface são os ícones. Este último num ritmo a começar no Brasil (samba/bossa nova) e a terminar em qualquer cabaret francês com um decadente acordeão. Verdadeiramente deliciosos.


Tracklist:
1.Preface
2.Chrysalis (Tome I)
3.Beyond the sky
4.Khamsin
5.Reflections
6.Awake
7.Voices of the storm / The golden vortext of Kaltaz (Tome II)
8.The secret of time / To the northern lake
9.Stolen tears
10.H.L.4
11.The bottle of lie (Tome III) / Postface

Lineup: Aëlin (vocals / keyboards), Stéphan H. (guitar), Stephane Béguier (bass), Loic Moussaoui (drums)

Website: http://www.akphaezya.com/

Myspace: www.myspace.com/akphaezya

Edição: Ascendance (http://www.ascendancerecords.com/)


Nota VN: 17,33 (9º)

Comentários