Review: Nightingale Express (A Liquid Landscape)

Nightingale Express (A Liquid Landscape)
(2012, Glassville)

Os A Liquid Landscape (ALL) são um coletivo holandês de rock progressivo que ao longo dos últimos anos tem sido notícia pelo facto de terem compartilhado o palco com nomes como Anathema ou Riverside. No último ano, foram, ainda, um dos seis finalistas do conceituado concurso Dutch Grand Prize. Com esta projeção e com todo o material já escrito, a banda entrou em contacto com Forrester Savell (Karnivoll, Helmet) que concordou em fazer a mistura e alguns apontamentos de produção. O trabalho de estreia apresenta-se sob a forma de Nightingale Express, um álbum conceptual a respeito de uma viagem, quer interior quer exterior, na ânsia de se encontrar um lugar onde cada um pertence. E como em qualquer viagem, este disco, em termos musicais, tem altos e baixos, momentos rápidos e lentos, de incerteza, de dúvidas e de deceção. É a forma de transpor para a música criada todo o sentimento explanado no conceito. Mas Nightingale Express é mais que um disco conceptual. A banda quis ir mais além e contactou Lex Vesseur para criar algo que acompanhasse, de forma visual, as imagens musicais criadas. O resultado foi a criação de um pequeno filme com imagens espetaculares que pode ser visto no site da banda e que será projetado durante os concertos. Em termos musicais, o que se ouve neste disco é influenciado por nomes como Karnivool, Anathema ou Dredg: música despida, lavada e cambaleante. Ali num limbo entre o desespero e a rendição, mas sempre com um vislumbre de esperança. Um sentimento de que tudo estará bem independentemente do que possa acontecer. Com uma sonoridade muito orgânica, Nightingale Express é uma digna incursão por campos onde o rock e o metal se cruzam, mostrando uns ALL descontraídos e sem pressa, em registos calmos e calmantes para as alturas em que um pouco de descanso é necessário.


Tracklist:
1. Nightingale Express
2. Wanderer’s Log – You
3. June Fifth
4. Phases
5. The Unreachable
6. Wanderer’s Log – Me
7. Thieves of Time
8. Out of Line
9. Come on Home
10. Wanderer’s Log – Storm
11. Secret Isle

Lineup:
Niels van Dam - guitarras
Robert van Dam - baixo
Fons Herder – guitarras e vocais
Coen Speelman - bateria

Internet:


Edição: Glassville Records

Comentários