Review: Delirium (4Bitten)

Delirium (4Bitten)
(2012, Rocksector)

Enquadrada no crescente interesse em jovens bandas que constroem o seu hard rock em bases blues, surge esta banda de Atenas, formada em 2002 e com uma front-lady que já espalhou a sua arte pelos Estados Unidos. 4Bitten é então o nome deste coletivo que surge com um trabalho inspirado nos grandes nomes das últimas quatro décadas, desde Led Zeppelin a Metallica, desde Black Sabbath a Alice In Chains. Delirium é já o segundo trabalho da banda, sucede a No More Sins, datado de 2009 e por aqui se nota uma acentuar do peso em relação à estreia. Eventualmente as bases blues estão mais diluídas em riffs heavy bem fortes. Aliás, isso fica logo bem provado nas duas faixas iniciais com a voz de Fofi Roussos muito mais poderosa e com as guitarras de George Maroulis com muito mais músculo. A vocalista acaba por se evidenciar, fruto da sua excelente prestação ao longo dos 45 minutos do álbum seja nos temas mais rápidos seja nos a mid-tempo. Em termos musicais a base vem dos riffs rock dos anos 70/80 embora bem condimentado por elementos do metal mais contemporâneo e mesmo algum nu-metal ao nível do trabalho de guitarra. No entanto não se vislumbram grandes rasgos de inovação em Delirium. Far From Grace e Not This Time são os temas que mais se afastam da trajetória delineada. O primeiro numa linha muito radio friedly e o segundo a incluir vocais metalcore e com uma secção rap que acaba por não surtir. Por outro lado, em temas como Let It All Burn ou Live 4 Today nota-se a introdução de alguns elementos southern rock. Autêntico e sólido, este é um trabalho bem construído mas que nada apresenta que lhe permita destacar-se de entre as dezenas de lançamentos que surgem diariamente.

Tracklist:
1. Burning The Candle
2. Jaded
3. Let It All Burn
4. Live 4 Today
5. A Different Fate
6. Games U Play
7. Far From Grace
8. Delirium
9. Not This Time
10. Through The Fire
11. Tomorrow Never Comes

Internet:

Edição: Rocksector Records

Comentários