Review: Gotten Gains (Ill)

Gotten Gains (Ill)
(2012,Glassville Records/Alive)

Gotten Gains é o segundo trabalho para o power trio oriundo de Atlanta Ill. E este é um trabalho nada fácil de descrever. A música dos Ill evolue num ponto de confluência entre os Stone Temple Pilots, os Soundgarden, os Queens Of The Stone Age, os Black Sabbath e Jimi Hendrix, onde não falta, ainda, uma boa pitada de atitude punk. Estranho? Talvez. As guitarras com afinações graves remetem para os Sabbath ou QOTSA, mas o seu desempenho bluesy traz à memória Hendrix. Por outro lado, os vocais bebem muito do sentimento grunge, nomeadamente dos STP e os ritmos e melodias entram numa linha Soundgarden. Mais estranho é, ainda, o facto de este disco ter sido escrito numa altura em que o vocalista-guitarrista Ryan Waters tinha ido dar uma mãozinha nos concertos de promoção do novo trabalho da banda britânica de soul (sim, leram bem… soul!) Sade. Talvez por isso, Gotten Gains fecha com uma versão de um clássico dos britânicos, Pearls. Mas antes desta versão há um conjunto de temas cheios de sonoridades alternativas e muito groove que vestem diversas roupagens que se traduzem num disco que não se limita a ser óbvio. E que até, por vezes, arrisca a introdução de elementos mais emocionais, como melodias e pianos. O problema reside mesmo na capacidade de criar temas que fiquem na memória. E, de facto, isso não acontece em Gotten Gains. Como exemplo refere-se que o melhor tema é mesmo a versão de Pearls. Sintomático. No entanto, o álbum até promete com a dupla de temas de abertura muito agradáveis, mas, principalmente a partir da enfadonha Christine, o disco vai decaindo sistematicamente, falhando em todos os aspetos: desde a tentativa de introduzir alguma musicalidade em Bitch até aos devaneios psicadélicos completamente desnecessários (pelo menos quando apresentados de seguida) apresentados em Gold And Opal e Interlude.

Tracklist:
1. One Time 
2. A
3. There Are Worse Things Than Being Alone  
4. Christine
5. Bitch  
6. Castration 
7. Finches
8. Gold And Opal
9. Interlude 
10. Pearls

Line-up:
Ryan Waters  - guitarras e vocais
Damion Goodpaster   - sintetizadores, piano
Marlon Patton  - bateria
 
Internet:

Edição: Glassville Records

Comentários