Review: Out Of The Darkness (A Sound Of Thunder)

Out Of The Darkness (A Sound Of Thunder)
(2012, Nightmare)


Depois de ouvirmos os dois primeiros temas de Out Of The Darkness (este é nome de álbum, se nos recordarmos de Jack Starr), sucessor de Metal Renaissance de 2011, ficamos com a sensação de estarmos perante um sério candidato ao título de melhor disco do ano. O heavy metal clássico num cruzamento entre Black Sabbath e Iron Maiden com uma eletrizante dose de poder e ritmo torna-se verdadeiramente surpreendente. Infelizmente para os A Sound Of Thunder essa pujança desvanece-se depressa. A repetição de fórmulas vai-se sucedendo e, paulatinamente, a sensação de saturação apodera-se. Ainda para mais porque a vocalista Nina Osegueda tem uma prestação, indubitavelmente possante, a variar entre um Bruce Dickinson de saias e uma Amy Lee, mas extremamente forçada e berrada, sempre no limite e com a agravante de apresentar notórias carências ao nível dos graves. Agora, uma coisa é certa: estes A Sound Of Thunder continuam a ser, em todo o disco, muito fortes ao nível das harmonias e melodias sacadas às suas guitarras com especial enfase na twin guitar. Talvez fosse preciso, neste caso em particular, atribuir duas classificações: uma, bem mais alta, aos longos momentos instrumentais; outra, bem mais baixa, aos momentos vocalizados. No entanto, considerando a ainda curta existência do coletivo, acreditamos que consigam limar algumas arestas porque nota-se um intrínseco potencial ainda por explorar completamente.



Tracklist:
1. The Day I Die
2. The Night Witch
3. Kill That Bitch
4. Murderous Horde
5. A Sound Of Thunder
6. Out Of The Darkness
7. Calat Alhambra
8. Fight Until The End
9. This Too Shall Pass
10. Discovery


Line-up:
Nina Osegueda – vocais
Jess Keen – baixo, teclados
Chris Haren – bateria
Josh Schwartz – guitarras


Internet:


Edição: Nightmare Records

Comentários