Escape Music

Escape Music

sexta-feira, 22 de Junho de 2012

Entrevista: Confidence

Com uma larga experiência em diferentes coletivos, houve uma altura em que se desafiaram a ultrapassar todas as barreiras e a criar algo de diferente e inovador. Com o sentimento e a emoção sempre presente, nasceram os Confidence, uma banda única na sua forma de abordagem da indústria musical. Emil Kyrk, vocalista do quinteto sueco, explica porque.

Obrigado por aceitarem este convite de Via Nocturna. Quando e porque decidiram erguer os Confidence?
Todos nós nos Confidence já tocávamos há alguns anos em diferentes bandas e projetos, mas sentimos a necessidade de criar algo novo e diferente. Assim, há três anos atrás, decidimos tentar escrever algumas músicas juntos. A ideia principal era fazer algo diferente do que vínhamos fazendo até então. Todos nós tínhamos a nossa base musical nas cenas rock e metal da década de 70 e 80 e quisemos elevar essas influências a um novo nível.  

O conceito musical dos Confidence centra-se muito na emoção. Era esse o objetivo desde o início?
Sim, de facto era. Quando se olha para o rock e metal modernos vemos que se apresenta demasiado polido, sem vida e cinzento. Sinto que grande parte da alma desapareceu. Agora é só rock e metal padronizado sem grandes diferenças. Queríamos fazer algo mais. Por isso quando nós escrevemos música, procuramos sempre melhorar o conceito da música. Tudo, desde o arranjo dos instrumentos, dos vocais e das letras é feito para criar uma história ou tentar que música toque o ouvinte. Isto é o que na realidade são os Confidence.

Vocês têm uma abordagem diferente na indústria musical. É a era das novas tecnologias ou a falta de confiança nas editoras que fazem os Confidence agir desta forma?
Para ser sincero, acho que toda a indústria é uma merda. Desde o início que ela foi criada de forma a maximizar o lucro e a dar o mínimo possível aos artistas e compositores que tem o trabalho. Claro que as principais bandas e artistas também enriquecem, mas ainda assim é apenas uma pequena parte do que as etiquetas ganharam. A internet veio e reorganizou totalmente a indústria da música. Agora a música é mais ou menos livre através dos downloads ilegais. E o que fez a indústria? Usaram a sua influência para criarem novas leis, tornando mais fácil apanhar os "piratas" numa tentativa de aumentar as vendas de CDs em declínio. A resposta à tua pergunta é que provavelmente nós poderíamos ter feito um contrato de gravação, mas nós não teríamos nada a ganhar, além de oferecer o nosso dinheiro. As editoras fazem dinheiro com a venda de CD’s, mas o formato CD está a morrer. Uma após outra, as editoras e distribuidoras também estão a sair do negócio porque continuam como se a internet não existisse. Talvez Confidence venha a assinar um contrato, mas isso só acontecerá se for um bom negócio para nós.

Portanto, o que para já podemos esperar é que vocês disponibilizem os temas à medida que vão ficando prontos, certo?
Sim! Já começámos a gravar novas músicas, assim os fãs não terão que esperar muito tempo para ter mais material dos Confidence.

Assim, Prelude é o primeiro pack de músicas que disponibilizam para os fãs e ouvintes. Como descreverias essas quatro músicas?
Eu poderia escrever um ensaio ou um livro apenas para descrever estas quatro músicas. Todas elas têm uma verdadeira história por trás, uma referência para o mundo em que vivemos hoje. Para mim é muito importante que as letras tenham substância real. Muito no cenário do rock e metal é sobre sexo, drogas e rock’ n' roll ou dragões, fantasia e outras aventuras bastante superficiais. Eu tentei dar uma explicação para cada música através de vídeos no YouTube: Flesh And Skin  (www.youtube.com/watch?v=Eh53T6PEmfw), War Torm Skies (www.youtube.com/watch?v=HDjp42LIsFM), Never Meant To Be (www.youtube.com/watch?v=cb2hDlmC0y) e Poison Lies (www.youtube.com/watch?v=PQ6s8iTf6aw~~HEAD=NNS). No final cabe ao ouvinte fazer a sua própria interpretação das mensagens destas canções. Para ler as letras: http://www.confidenceofficial.com/preludelyrics.html

Com esta filosofia, será bom não esperar fronteiras musicais na vossa música! Quero dizer, o novo conjunto de músicas pode ser completamente diferente deste?
Sim, de fato, as próximas quatro ou cinco músicas podem ser completamente diferentes do que se ouve em Prelude. No entanto somos uma banda de rock/metal pelo que todo o nosso material é dentro desses limites, pelo menos. A única coisa é que nós não conhecemos exatamente como as próximas músicas vai sair ou como eles vão soar. Quando escrevemos a música tudo se transforma e cresce ao longo do tempo; nada é definitivo até fazermos a gravação final e a produção. É tudo um efeito da nossa filosofia de que todas as partes da nossa música deverem reforçar o conceito ou história por trás da canção. Quando se muda alguma coisa, isso tem efeitos em todos os outros instrumentos e sons, por isso tem que se mudar alguma coisa e assim sucessivamente. No final, é que nós, como músicos iremos formar a linha vermelha dos Confidence.

Mas pelo que já pude perceber já há mais material preparado…
Temos literalmente toneladas de material, mas agora estamos a juntar as peças para o próximo lançamento, por isso terás de esperar um pouco mais antes que ele veja a luz do dia.

Isso não vos afeta em termos de tournées, por exemplo?
Bem, quando tocamos ao vivo a audiência pode, naturalmente, esperar ouvir Prelude. Mas também pode esperar ouvir material completamente novo que pode ser parte do nosso próximo lançamento ou de algum outro lançamento. Nós tocamos o que temos no momento. Se olhares para os espetáculos do final dos anos 60 e 70 havia muito mais improvisação no setlist. Nós gostamos dessa abordagem, as pessoas virão para nos ver tocar e nós tocaremos para elas.

O que tem sido feito em termos promocionais a respeito de Prelude?
Atualmente, promoção é conseguir ser ouvido no meio do caos informativo da Internet. Portanto, a nossa promoção está principalmente focada nos meios de comunicação social e nas redes sociais. Mas também estaremos presentes em vários festivais este Verão, por isso vejam se encontram os logos de Confidence e da Metal Revelation.

A terminar, existe mais alguma coisa que queiras dizer aos nossos leitores?
Eu gostaria de agradecer a toda a comunidade do rock e metal por serem os fãs mais leais e melhores no mundo de hoje. A música Rock e Metal tem sobrevivido década após década, graças a todas as pessoas que são apaixonadas pelas bandas. Podem comprar o Prelude no iTunes ou em qualquer outro canal de distribuição digital! É barato e assim apoiam o nosso trabalho! E mantenham-se atentos aos espetáculos de Confidence!

Sem comentários: