Review: Burning On The Wings Of Desire (Blood Of The Sun)

Burning On The Wings Of Desire (Blood Of The Sun)
(2012, Listenable)
 
Ultimamente têm sido inúmeros os projetos que têm vindo a recuperar as sonoridades mágicas dos anos 60 e 70. Uns fazem-no melhor, outros pior, mas parece que o saudosismo se instalou definitivamente e as novas gerações descobriram a génese de todo heavy metal e hard rock. Daí até se começar a recriar essas imagens sonoras foi um passo muito pequeno. Com três álbuns na bagagem, os Blood Of The Sun chegam à francesa Listenable e preparam-se para publicar Burning On The Wings Of Desire. Pela conversa inicial já devem ter percebido que este coletivo se enquadra naquele conjunto de grupos que tem todo o seu DNA musical nas citadas décadas. Mas atenção: Burning On The Wings Of Desire está muito mais além do que já foi feito neste campo. É um disco simplesmente brilhante! Os Blood Of The Sun conseguem cruzar em apenas 8 músicas o hard rock dos Deep Purple com o doom dos Black Sabbath e com o Southern dos Lynyrd Skynyrd. Sensacional! Sempre a abrir, com ritmos alucinantes e super-enérgicos, verdadeiramente empolgante, ninguém ficará, certamente, indiferente a este conjunto de grandes temas. Colossais riffs que parecem saídos diretamente dos anos 70, vocais delirantes a lembrar muito o trabalho majestoso de Ozzy nos seminais Black Sabbath, uma bateria sempre presente e verdadeiramente estonteante e, principalmente, longos, delirantes e monumentais solos de guitarra e hammond sempre em diálogo e competição, fazem de Burning On The Wings Of Desire um disco obrigatório na vossa discografia e transformam-no num daqueles discos que promete ficar para os anais da história do hard rock. Um disco que mais do que se inspirar no passado, é capaz de recriar toda a magia existente na altura e projetá-la no presente sob a forma de um soberbo trabalho. Verdadeiramente sensacional e irrepetível!
 
Tracklist:
1.      Let It Roll
2.      Burning On The Wings Of Desire
3.      Can´t Stop My Heart
4.      Brings Me Down
5.      Rock Your Station
6.      Good Feeling
7.      The Snitch
8.      Good And Evil
 
Line-up:
Henry Vasquez – bateria e vocais
Dave Gryder – órgão, clavinete e piano
Roger Yma – baixo
Ty – guitarras
Rich Hurley – guitarras
 
Internet:
 

Comentários